Fundação ignora terceirização, compra ‘carros zero’, e desmistifica economia na Prefeitura

O que poderia até parecer algo normal, comprova, na verdade, que, na Prefeitura de Uberaba, a palavra economia não existe, e nunca existiu. Mesmo com um grande número de veículos terceirizados, ou seja, locados, pasmem, a Fundação de Ensino Técnico Intensivo “Doutor Renê Barsan” (FETI), acaba de comprar dois veículos zero quilômetros.
Veja no edital no detalhe, a Fundação, que é ligada a Prefeitura, gastou nada menos que R$ 131.600, 00 nos dois veículos. Em média, mas de R$ 65 mil cada veículo.
A FETI, para quem não sabe, é presidida pelo ex-assessor de Marcos Montes, e apadrinhado do mesmo, Eduardo Callegari (PSD). É, no mínimo, muito estranho essa compra.
Primeiro, pra que uma Fundação de Ensino Técnico precisa de dois veículos? Segundo, por que não pegar um veículo terceirizado na Prefeitura, onde vários estão parados?
É a Prefeitura de Paulo Parado Piau dando exemplo de como não economizar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *