‘Ajeitando a vida de mais uma comissionada?’ CODAU chama 9ª colocada em concurso para 4 vagas e chega a quase 20 engenheiros

Porta Voz de ontem traz exoneração na SEPLAN da Engenheira Helenice SAUD Sallum (parente do Ricardo Saud, da JBS?) como assessora IV. Não precisam achar que seja um ato de ofício para o bem do serviço público não… É que esta senhora passou no concurso do CODAU em 9º lugar no cargo de engenheiro que ofereciam apenas quatro vagas.
Logo após a homologação do concurso em 2014 o CODAU chamou 6 engenheiros até chegar no diretor da autarquia, e “manda-chuva” do CODAU, o senhor Luiz Antônio Molinar Henrique, que ocupava o 6º lugar.
O Manda Chuva da autarquia não exerceu as funções de engenheiro, pois manda e desmanda no CODAU como “primeiro ministro da Rainha da Inglaterra”. No último Porta Voz, do dia 27 de abril, antes do vencimento do concurso, o CODAU nomeou mais três engenheiros até alcançar o nonagésimo lugar e nomeando a senhora Helenice SAUD Sallum. Por essa razão que a moça foi exonerada do cargo de Assessora IV da SEPLAN.
A exoneração da senhora foi somente para garantir o cargo efetivo no CODAU. Com essas nomeações o CODAU atinge a cifra de mais de duas dezenas de engenheiros trabalhando no órgão.
Agora, fica a pergunta: com essa quantidade de profissionais da área de engenharia atuando no CODAU, porque a ETA III que foi inaugurada antes das eleições do segundo mandato do Paulo Parado não entrou em operação até a presente data?
Outra pergunta: porque a Ete Conquistinha inaugurada em novembro do ano passado não entrou em operação até hoje e gastam milhões com publicidade na farsa de tratar 98% de esgoto?
Porque três novos reservatórios que tiveram as obras iniciadas há mais de três anos não foram concluídos e viraram ponto de usuários? Aí fica fácil… Aumentando cada vez mais o “CABIDE DE EMPREGOS” sem resultado nenhum para a população…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *