Apenas um político de Uberaba levanta a voz pela democracia e contra a morte de vereadora simbolo de luta pela igualdade social

Bem a “cara de Uberaba”, pelo menos dos políticos, e não da população… Apenas um político da cidade se manifestou sobre a morte absurda da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL). A morte da vereadora, negra, pobre e socióloga, uma das mais atuantes do país, representa muito mais que mais uma morte para estatísticas ou mais uma morte como tantas no país de pessoas de origem da pobreza. “Marielle representava o grito de liberdade das favelas, da oportunidade de voz da população contras as injustiças sociais e a violência policiai, contra pobres e negros”, ressaltou o deputado federal Adelmo Leão.
O deputado, por sinal, foi o único político de Uberaba, incluindo prefeito, vereadores e deputados, a se manifestar contra a morte da vereadora, que além do crime de homicídio, representa um crime contra a democracia brasileira; Adelmo Leão participou, inclusive, de uma manifestação em Belo Horizonte (veja a foto no detalhe) contra a morte da atuante vereadora do Rio de Janeiro.
Infelizmente mais esse caso representa bem quem ainda pode-se confiar em termos de políticos em Uberaba…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *