Aposentadoria de promotor abre vaga para vinda de uma ‘pedra no sapato’ de políticos

O anúncio ontem da aposentadoria do promotor de Justiça João Davina, a quem conheço há 21 anos, mesmo que não tenha nada contra o profissional, pode ser uma grande oportunidade para a oposição em Uberaba se mobilizar para a nomeação de um substituto mais atuante.
Davina, por sinal, que fez grande trabalho por anos na Promotoria de Defesa do Consumidor, estava na área do Patrimônio Público desde a transferência de José Carlos Fernandes Júnior para Belo Horizonte. E acho que Uberaba deve se mobilizar por um novo promotor, e não a volta de Fernandes Júnior. Lembrando que o mesmo também fez bom trabalho na cidade, mas realidade hoje é outra. O próprio Davina, já há alguns anos, esperava apenas por sua aposentadoria.
Uberaba precisa de promotor novo, empenhado, sem medo, e que não seja ambicioso dentro do próprio Ministério Público. É a hora da oposição em Uberaba demonstrar que existe, e não apenas em períodos eleitorais.
Até porque, se agisse mesmo, Paulo Parado Piau e vereadores não estariam respondendo menos de 50 ações judiciais. E uma das coisas que a elite de Uberaba sempre fez bem feito, foi manter fortes elos com a Justiça, principalmente com grandes escritórios de Advogacia,
Ou vocês acham que foi a toa que Anderson Adauto foi condenado e tirado das últimas três eleições por uma foto em agenda escolar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *