‘Arapuca política’, Cohagra é usada como comitê eleitoral; Três ex-integrantes foram eleitos vereadores

Uma proposta apresentada na Câmara Municipal de Uberaba levanta um outro debate, mas pertinente ao mesmo assunto. A proposta é de criação da Comissão de Habitação, Moradias e Loteamentos Populares… Por que digo isso? Porque passou da hora do Ministério Público acabar com a “farra” da Cohagra.
A companhia habitacional da Prefeitura de Uberaba se transformou, desde 2008, em um verdadeiro “comitê eleitoral” e um “loteamento” dos interesses de politiqueiros e empreiteiros.
Os números demonstram isso… A Cohagra não passa uma eleição municipal sem eleger um vereador, usando distribuição de casas, de maneira suspeita, para eleger candidatos apoiados pela direção da Cohagra. Em 2008 foi Luiz Dutra, que era o presidente da Cohagra, em 2012, Samir Cecílio, tampém presidente e o mais votado, e no ano passado, Rubério Santos, que era diretor de Departamento na Cohagra.
Chega a ser absurdo o uso eleitoral da Cohagra sem uma ação sequer do Ministério Público… Porque dos vereadores nem falo mais, existem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *