‘Cachoeira de enganação’… Contas sobre possível obra da Prainha não batem, em mais uma encenação de Luiz Neto e Piau

Como anunciado com toda pompa em um evento no “circo que mais parecia um palanque” de propaganda eleitoral, infestado de políticos apavorados com a possibilidade de não se reelegerem este ano, o ministro das cidades (também chamado de “menino de ouro” do Carlinhos Cachoeira, veja no detalhe), anunciou 25,6 milhões para a obra da represa da Prainha de Uberaba.
Acontece que em nota publicada ontem no site do CODAU, o senhor Luiz Neto, ainda presidente da autarquia, cita que o contrato para abastecimento de água de Uberaba/Rio Claro foi assinado em 2011 com uma verba total de 54 milhões e que o CODAU utilizou 11 milhões em dois projetos (não fala quais foram esses projetos), e ainda salienta que com os 25,6 milhões liberados finaliza com as construções da Barragem da Prainha.
Esta conta não bate, pois, 54 -11 = 43 e não 25,6. Onde foram parar 17,4 milhões de reais? Outro detalhe é que no final da nota, o presidente do CODAU cita vários relatórios de estudos ambientais que já teriam sidos protocolados no município e nos órgãos estaduais, mas não se fala no EIA/RIMA que se refere ao Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impactos Ambientais.
Além do mais como o blog já publicou que em obras desta envergadura, que no órgão estadual SEMAD-MG/FEAM, o prazo para manifestação de requerimentos instruídos por EIA/RIMA (Impacto Ambiental) é de 12 meses. Como é que o CODAU vai lançar licitações das obras nos próximos dias, como disse o presidente do CODAU na nota oficial sendo que é vedado iniciar qualquer empreendimento deste porte sem os estudos aprovados pelo estado que garantiriam a Licença Prévia e a Licença de Instalação para início das obras.
O blog também publicou que o CODAU está sendo executada judicialmente pela FEAM e também que o Conselho Municipal de Ambiente emitiu diversos relatórios sobre entraves da obra.
Precisa falar mais sobre a nova enganação da dupla Paulo Paradfo Piau e Luiz Neto, sob a batuta do menininho do Cachoeira?
E pior você não sabe, tem gente que acredita…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *