Com desvio de dinheiro, extrato falso e acusações entre diretores, Sindicato ferve antes de mudar de mãos

A coisa vai ferver, principalmente após o dia 14 de junho, quando toma posse a nova diretoria do Sindae, Sindicato dos Trabalhadores da CODAU. Um levantamento inicial aponta possível desfalque no caixa da entidade no valor de R$ 200 mil.
Os possíveis desvios foram levantados em reunião essa semana, aberta foi aberta aos servidores, e lotada, e foi exposto pela própria diretoria da entidade, em acusações entre os integrantes.
E depois de tal reunião, as acusações continuaram em grupo de sapp, Como você ouve no detalhe abaixo, é o diálogo de um dos diretores com o presidente da entidade, Jasminor Costa. O diretor chama o presidente de covarde por não ter participado da citada reunião.
Os desvios, segundo levantado na reunião, teve até falsificação de extrato bancário da CEF. O caso já foi encaminhado para Polícia Federal e . e Ministério Público. Na reunião, o vice-presidente Alex Adevair acusou a a tesoureira do SINDAE de pegar R$ 70 mil do caixa. Desses 70 mil, R$ 10 mil teriam sido para o Jasminor Costa, “porque a mãe dele estava precisando”.
Segundo apurou o BLOG, o escândalo dos desvios teria surgido quando um servidor engenheiro da CODAU precisou acionar o seguro de vida que pagava via sindicato, descontado em folha e repassado ao Sindae. Ao tentar acionar a Seguradora, foi informado que o Sindicato não pagava os seguros e que não teria direito. Ainda foi revelado que, pasmem, na gestão de Jasminor Costa, o Sindicato recebeu nada menos que R$ 770 mil, ou quase R$ 800 mil.

Parece que a coisa deverá ficar pior, quando a nova diretoria assumir, que já anunciou que pretende fazer uma auditoria completa… Vixe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *