Contrato de ‘propaganda dos vereadores’ é prorrogado – sem licitação – com empresa de ex-genro de Dutra

Um edital publicado ontem pela Câmara Municipal de Uberaba chama a atenção em vários sentidos. Em mais um daqueles absurdos que somente acontecem em municípios onde vereadores não exercem suas funções, que e pelo jeito existe uma acomodação do Ministério Público.
O edital, pasmem, é de prorrogação, sem licitação, de contrato da CMU com agência de publicidade para atender o poder legislativo por mais 12 meses, No caso, a Ligre Propaganda (veja no detalhe). Na verdade, essa é a razão social da Solis Propaganda.
E os fatos estranhos se acumulam… Primeiro, abrsurda a prorrogação, com aditivo, sem nova licitação. Segundo, que quem assina tal edital, apesar de datado de 30 de janeiro de 2019, é o ex-presidente da CMU, Luiz Dutra, que deixou o cargo no começo do mês passado. E para quem não sabe, a Solis pertence ao ex-genro de Dutra.
Pelo jeito, o “novo” presidente da Câmara Municipal, Ismar Marão, vai manter as velhas praticas do antigo administrador. Também não era de se esperar outra coisa, já que Marão foi eleito com apoio de Dutra, e ainda está apoiando esse para ser secretário de Governo de Paulo Parado Piau…
Imagina…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *