Deputado – especialista em Saúde – condena terceirização das UPAs em Uberaba e diz: ‘atende a interesses econômicos’

O deputado federal Adelmo Leão, que é médico e professor aposentado da UFTM, defendeu a quebra do contrato da Prefeitura de Uberaba com a Pró-Saúde. Para deputado, que já foi secretário estadual de Saúde, a terceirização das UPAs, como foi feita em Uberaba, é extremamente maléfica para a população.
O parlamentar lembra que a terceirização do atendimento da Saúde apenas atende a interesses financistas, fazendo do setor apenas mais um “campo de negócio”. “A saúde é de responsabilidade do poder público, e a Prefeitura de Uberaba tem que reassumir o controle das UPAs e os atendimentos na Saúde”, ressaltou. Adelmo Leão ainda lembrou que a precarização do atendimento fortalece os planos de Saúde.
Hoje Uberaba vive um caos na Saúde, com atendimento ruim e ineficiente. A Pró-Saúde, que recentemente enfrentou uma greve de médicos, tem títulos protestos por todo país, chegando a mais de sete mil títulos. Mesmo com todos estes problemas, nem o prefeito da cidade, Paulo Parado Piau, muito menos os vereadores, tomam providência alguma a respeito. Quando foi firmar contrato com a Pró-saúde, Piau foi motivo de protestos, mas não deu ouvidos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *