Deputado federal quer auditoria sobre irregularidades do serviço de táxi de Uberaba

O deputado federal Adelmo Leão, que votou a favor da regulamentação do serviço de transporte UBER, defendeu auditoria e intervenção do Ministério Público sobre as denúncias contra o serviço de táxi em Uberaba. O parlamentar explicou que votou a favor da regulamentação do serviço da UBER pelos municípios, para dar mais segurança a todos, trabalhadores e usuários.
“Mas essa situação de Uberaba sobre o táxis não pode continuar. é preciso fiscalizar e regulamentar também”, ressaltou o deputado. Entre as irregularidades do serviço de táxi, já denunciadas ao MP estão a venda de placas de táxi – que é uma concessão pública -, o aluguel de placas, empresário dono de mais de uma placa de táxi, a ausência de taxímetros nos veículos, e a cobrança de valor único, e o monopólio do serviço por cooperativas de táxis.
“É uma concessão pública, e não pode ser vendida e nem alugada. E outra, o uso do taxímetro é obrigatório, para dar opção ao usuário”, informou Adelmo Leão. O parlamentar pretende procurar o MP para saber quais providências estão sendo tomadas contra essas irregularidades, que favorecem apenas aos donos de placas, prejudicando motoristas de táxis e do UBER.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *