‘Doação’ de área de mais de 188 mil m² pela Prefeitura levanta questionamentos sobre ‘prestação de contas de promessas’ de empresas

A distribuição indiscriminada de áreas públicas, por meio de doações, por parte da Prefeitura de Uberaba, com aval da Câmara Municipal de Uberaba, continua. Ontem a CMU aprovou projeto do senhor Paulo Parado Piau de doação, pasmem, de uma área de 188.435m², equivalente a 2.248.453,74 hectares, para o Grupo Cinquentão, do setor de combustíveis.
A área “concedida”, segundo argumento do ainda prefeito, é “que tal empresa vai investir R$ 11 milhões e gerar 120 empregos”. Olha se for verdade, poderia até ser compreensível a cessão por tempo determinado.
O problema é que a Prefeitura de Uberaba vive cedendo essas áreas com essas promessas, e “não sei por que”, depois nada cobra das promessas feitas pelas empresas para ter tais benefícios.
Não que não seja verdade por desta empresa, o problema é que pode ser mais uma “balela” de Prefeitura e empresa, para justificar a “doação”, sem nenhuma cobrança posterior. E outra, muitas destas empresas que recebem essas “doações” tem histórico de contribuição para campanhas eleitorais de Piau.
Até porque, convenhamos, com os meios de comunicação convencionais que temos hoje na cidade (jornais, rádios e TVs), cobrança da mídia é última coisa que a Prefeitura vai ter…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *