Documento da CODAU ‘desmente’ denúncia de Luiz Neto no MP contra ex-secretário

O BLOG, como sempre fez em Uberaba, usando suas boas fontes, foi atrás da verdade por trás de mais mentiras de Paulo Parado Piau, Luiz Neto e Cia. E desta vez, pasmem, para comprovar que, novamente, Luiz Neto usou o Ministério Público para cena falsa, e claro, contando com a parcialidade de grande parte da chamada imprensa de Uberaba (jornais, rádios, TVs e alguns sites, BLOGs e páginas de redes sociais).
Lembram-se que Luiz Neto usou essa “imprensa” para informar que estava denunciando Vicente Araújo no MP por suposta tentativa de fraude em licitação da CODAU (veja no detalhe a publicação em um dos jornais da cidade)?
Na tal publicação, o ainda presidente da CODAU diz que o ex-secretário de Piau teria tentando fraudar uma licitação da autarquia com uma empresa fantasma, CONSTRIT. Mas como mentira tem perna curta, o BLOG teve acesso exclusivo a ata que decidiu pela exclusão da empresa da livitação. E pasmem: nada disso foi o motivo alegado pela CODAU (veja a ata no detalhe). As alegações para a desclassificação da empresa foram somente referentes à qualificação técnica operacional e à qualificação técnica financeira, e ainda de que, a empresa não demonstrou através das documentações apresentadas a comprovação destes requisitos para análise. Muito diferente da denúncia apresentada ao MP.
E pensa que acabou? Na mesma licitação, que é de nada menos de uma obra de R$2.375.125,05 (dois milhões, trezentos e setenta e cinco mil, cento e vinte e cinco reais e cinco centavos),tem como concorrentes ainda a Construtora Toubes Ltda (Família Palmério), e Esteira Locadora de Máquinas Ltda, aquela empresa pertencente ao empresário Amauri Andrade, conhecido pelos funcionários da CODAU como Amigão, por ser íntimo da diretoria da autarquia. Alguém tem duvidas de quem vai ganhar a licitação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *