Eleições em Uberaba correm riscos de ter apenas troca de nomes, com os ‘más exemplos’ de Bolsonaro e Zema

Em conversas com várias pessoas da cidade tive a mesma sensação: o uberabense está de saco cheio da turma que está no poder, e quer, porque quer, grande renovação em 2020. Mais ai que mora o grande perigo, o que é realmente renovação política?
Muitas vezes o uberabense, ou o brasileiro em geral, vota pensando que está renovando, e não está. A despolitização, infelizmente, atinge mais de 80% da população. O exemplo mais claro aconteceu no ano passado, quando a grande maioria votou em Jair Bolsonaro acreditando ser renovação, e algo diferente, e em sete meses, já percebeu que nem é mais do mesmo, é pior do que o mesmo…
Em Uberaba, a oposição já conhecida se articula para ter um candidato, mas corre o risco de repetir, como aconteceu, também, de forma decepcionante, em Minas Gerais, com Romeu Zema, da população eleger alguém que parecia “novo”, mas que faz o exatamente o velho…
Por isso, as eleições de 2020 correm sérios riscos, como as eleições para presidente da República e de governador, de eleger alguém de discurso diferente na política, como Bolsonaro e Zema, mas depois ficar comprovado, que além de ser mais do mesmo, ser altamente despreparado para cargo.
Por isso, o uberabense em 2020 tem votar com muita consciência. Até porque os atuais políticos na cidade que estão no poder (Paulo Parado Piau, Luiz Neto, Franco Cartafina, Grilo e Marcos Montes) vão também usar dessa estratégia para tentar continuar do poder, lançado um nome novo, tipo Marcos Jammal ou Iraci Neto, mas com as amarras com a elite da cidade.
Assim como a cidade precisa de uma renovação total de vereadores, o município precisa não é de nomes novos, ou de pouca idade, para administrar Uberaba, precisa de ideias novas, projetos novos em relação ao que está no poder hoje, para ter melhor Saúde, Educação, gerar empregos, ou seja, ser um lugar melhor para viver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *