Hospital regulariza ‘dia a dia’ , mas passivo trabalhista continua, com atrasos de acertos

Se o Hospital Hélio Angotti – nos últimos seis meses – vem tentando pagar salários de seus funcionários em dia, com cortes de chefes e até fechamento de dois andares de atendimentos – por outro lado, existem várias reclamações em relação a ex-funcionários que não conseguem receber seus acertos trabalhistas.
Em um destes casos, a trabalhadora prestou serviços por três anos e três meses ao Hospital, e tem um mês que foi demitida, e até o momento não recebeu nada de seu acerto. Segundo a trabalhadora, nada foi depositado. E pior, a última vez que foi depositado o FGTS da mesma foi em abril de 3016, sendo que a ex-funcionária entrou no Hospital no dia 1º de dezembro de 2015.
E o pior que o caso não é isolado, existem outros ainda bem mais antigos, de ex-funcionários que esperam para receber seus acertos.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *