Imprensa de Uberaba já começa a fazer o trabalho para os patrões e exploração barata da mão de obra

Mais uma vez é aquela questão, cada qual no seu qual… Adivinha uma manchete de um jornal local de hoje? Claro, esperou a poeira baixar para fazer o trabalho a serviço dos patrões: “Terceirização deve impulsionar empreendedorismo local”…
Não engane meu amigo… do mesmo jeito de outros patrões, maiores ou menores, os donos dos meios de comunicação também são empresários. Agora vão tentar convencer a população que a terceirização da mão de obra é bom ara os trabalhadores, assim como a mídia nacional (Rede Globo e cia)…
A terceirização somente é boa para os patrões e quanto maior a empresa, melhor será… Agora “legalizados” por senho Michel Temer, PMDB, PSDB e cia (inclua no meio de disso Marcos Montes e Caio Nárcio), poderão contratar trabalhadores por 30% do salários que pagavam antes…
Ou seja, o que adianta você estar emperegado, se seu salário não dá nem para ter condições mínimas de dignidade? Quem bateu panelas, e colocou essa turma no poder, que devia responder… Até porque as panelas vão ficar vazias mesmo…

Um comentário em “Imprensa de Uberaba já começa a fazer o trabalho para os patrões e exploração barata da mão de obra

  1. ADRIANO ESPINDOLA CAVALHEIRO Responder

    Empreendedorismo, deve ser lido na matéria do jornal mencionado, como aventurismo, até mesmo porque para se ter uma empresa de contratação de serviço com dez funcionários, basta apenas capital social de 10.000,00, sem nenhum fundo de reserva, sem obrigatoriedade de inscrição no Ministério do Trabalho sem obrigatoriedade de comprovação de quitação de contribuições sindicais.

    O grande problema é que, sem lastro financeiro, essas empresas podem dar calote nos trabalhadores e no recolhimento do INSS, aumentando os desequilíbrio das contas.

    Outra coisa, isso não significará geração de emprego, mas transferência do trabalhador de empresa mais sólida, para mãos de empresários aventureiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *