Insatisfação de artistas contra nomeação eleitoreira na Fundação Cultural é retratada em ‘desenho irônico’

Cada um protesta da sua forma, do seu jeito… E nada melhor que uma manifestação artística para expressar a insatisfação de quem faz da arte uma profissão. A charge que você vê no detalhe representa bem o manifesto dos artistas de Uberaba contra a possibilidade de Paulo Parado Piau nomear o vereador Ronaldo Amâncio como presidente da Fundação Cultural de Uberaba (FCU).
A insatisfação é geral entre quem é da área. Lembrando que o BLOG publicou essa semana os acordos eleitorais de Piau por trás de possível nomeação. Por trás de tal intenção, tem um acordo eleitoral com o presidente do partido do vereador evangélico, PTB, Hermany Júnior, o JJúnior.
Mas a insatisfação não é pelo fato de Amâncio ser evangélico, mas por não ser da área, e não ser conhecedor do conteúdo, Sem esquecer, que o caso envolve acordo eleitoreiro ainda. E lembrando que o citado vereador é acusado, como o BLOG denunciou, de irregularidades e imoralidades, envolvendo seus assessores na Câmara Municipal de Uberaba.
O protesto dos artistas não é só contra a nomeação de um político, conservador e de amarras religiosas, mas pelo fato da FCU não ter uma política cultural definida de governo. Sempre usado eleitoralmente, o setor é um verdadeiro caos, com todo tipo de irregularidades, que vai desde o uso da CODAU para bancar shows, até o fato da Fundação possuir dois prédios, e ainda ter que alugar um terceiro para ter uma sede.
Mas governo conservador, como já disse antes, é assim mesmo, Educação e Cultura sempre em último lugar… Para não esquecer o motivo: quem tem educação e cultura não vota neles…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *