Jornal perde processos, e Justiça determina penhora e leilão de prédio por dívidas

Pelo menos cinco ações trabalhistas contra o Jornal de Uberaba já foram transitadas em julgado, e não cabe mais recursos. Com essas decisões, os processos já estão na fase de execução, e a Justiça já determinou a penhora do prédio da avenida Leopoldino de Oliveira, onde funciona o jornal, e um prazo de três meses, vai a leilão para o pagamento das dívidas.
Avaliado pela Justiça em R$ 1,3 milhão, o citado prédio deve ser suficiente para o pagamento das dívidas trabalhistas de mais de 40 ex-funcionários da empresa. O que complica a situação do Jornal de Uberaba é a dívida de INSS do matutino: mais de R$ 3 milhões.
O atual presidente do JU, Lawrence Borges, tentou tirar o prédio do processo, informando que o imóvel seria da empresa Ranking (empresa criada ainda quando o JU era administrado por Fabiano Fidelis), mas a Justiça não aceitou. De acordo com o advogado de parte dos ex-funcionários, Márcio Belarmino, ao contrário do pedido de Borges, a Justiça determinou que a Ranking faz parte do mesmo grupo econômico.
Ainda na tentativa de se livrar das dívidas, Borges entrou com recuperação judicial do Jornal. Mas o BLOG teve acesso ao processo, e parecer de recuperação será indeferido, já que o JU não possui bens para garantir uma recuperação judicial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *