‘O fundo do poço é bem fundo’… Piau parcela nova dívida e ‘confessa pratica’ de improbidade e pedalada fiscal no IPSERV

Quando você pensa que a Prefeitura de Uberaba já chegou ao “fundo do poço”, Paulo Parado Piau e companhia conseguem ainda me surpreender… O poço é bem mais fundo que imaginava. Sabe o que esse edital no detalhe? É o parcelamento de uma nova dívida da Prefeitura com o Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (IPSERV), publicado ontem. Sério…
Veja no detalhe, nas setas, que é débito é de não repasse da Prefeitura dos meses de novembro de 2017 a abril de 2018. Isso mesmo, recente. E o valor do débito, R$ 5.457.876,12. Isso mesmo, mais de R$ 5 milhões.
Gente isso representa várias irregularidades, e como não temos vereadores, e o Ministério Público não age, a coisa corre solta. Isso representa pedalada fiscal e improbidade administrativa.
Primeiro, porque o senho Piau descontou os valores de contribuição dos servidores e não repassou ao IPSERV. Segundo, que o citado instituto virou instituição financeira da Prefeitura, “emprestando dinheiro ao Município”. Terceiro, onde foi usado esse dinheiro já descontado dos servidores? Em outras áreas, então pedalada fiscal.
Uberaba, a terra sem lei…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *