Paralisação no Marista gera revolta dos ricos; Igreja prova do sabor ‘amargo do discurso duplo’

Como esse país é demagogo e com valores invertidos. A Igreja Católica anunciou adesão a greve de hoje, e com razão, devido as reformas do Governo Federal que retiram direitos dos trabalhadores. E até surpreendendo a muita gente a Arquidiocese de Uberaba aderiu a paralisação. Também normal…
Mas imagina o que está acontecendo.. Com a adesão a greve, a Arquidiocese determinou que todos os órgãos ligados a Igreja em Uberaba paralisem suas atividades, entre eles, Cúria, igrejas e colégios. Mas ai que vem o problema e revela antagonismo da Igreja Católica.
Acontece que um dos colégios da igreja em Uberaba, o Marista, fornece educação justamente para os filhos dos ricos, que são, em sã consciência, os únicos a favor das reformas do Governo. E essa paralisação gerou protesto dos pais dos alunos do Marista…
Estão errados? Não… É a famosa consciência de classe… Errada nesse caso é a Igreja Católica que faz discurso para pobres e classe média, mas fornece educação para os ricos. Que mesmo cobrando altos valores de mensalidades ninguém sabe para onde vai o dinheiro… Os ricos estão na deles de serem a favor das reformas, errados, claro, são pobres e classe média serem a favor…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *