Pró-Saúde diz que Prefeitura não pretende abrir Hospital Regional e expõe ‘mentiras’ das eleições 2016

Os argumentos da Pró-Saúde sobre a a quebra de contrato da terceirizada somente confirma a incompetência administrativa que gere hoje a Prefeitura de Uberaba. Entre os argumentos, está a revelação que a abertura do Hospital Regional pela Prefeitura não passa de promessa. Mas ainda acho que vão abrir, perto das próximas eleições, e tão somente para isso, e depois a dívida vem…
Ainda dentro do contrato, a Pró-Saúde argumenta que os valores pagos pela Prefeitura não são suficientes para gerir as UPAs, ou seja, o atuak prefeito paulo Parado Piau já sabia disso, e veio com a história de “intervenção”.
Ainda mais grave, foi o uso pelo então candidato a reeleição de prefeito no ano passado, no Programa Eleitoral, imagens e “resultados” satisfatórios de tal terceirização.
Sem esquecer que as eleições foi há apenas sete meses, então comprova que Piau mentou, mais uma vez, para a população.
O pior é que a Prefeitura pretende continuar com essa famigerada terceirização das UPAs, o que faz do atendimento da Saúde um caos. O que se precisa agora é uma mobilização para impedir nova terceirização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *