Projeto de sucesso – exceção na era Piau – é colocado de lado, em contrapartida a gastos exorbitantes

Em seis anos como prefeito de Uberaba um único projeto funcionou na “administração” Paulo Parado Piau… Outros projetos, em outros setores, foram verdadeiros desastres, como desenvolvimento econômico, educação ou até agricultura, que era a sua “especialidade”, já que é engenheiro agrônomo e foi assim que entrou na política.
O mais grave é que esse único projeto que funcionou no já um mandato e meio à frente da Prefeitura de Uberaba, foi praticamente extinto, ou suspenso por tempo indeterminado desde o ano passado.
Quem pensou no Domingo na Concha, acertou em cheio. O único projeto que foi um sucesso desde seu início, em 2013, foi suspenso no ano passado “por falta de recursos”, Se tal argumento fosse verdadeiro, tal projeto nunca existiria, já que desde o começo do Domingo na Concha, o principal defeito, e absurdo, eram os atrasos em mais de seis meses para pagar os músicos que lá se apresentavam.
O pior que tem gente que acredita nas bravatas de Piau de economia, enquanto não pára de nomear para o cabide de empregos, com salários absurdos. Lembrando que no ano passado, o BLOG denunciou que na própria Fundação Cultural de Uberaba, a coisa era absurda. Onde somente os salários do presidente e vice (Antônio Carlos Marques e Marcelo Augusto) representavam R$ 30 mil por mês, ou nada menos que quase R$ 400 mil em salários por ano contabilizando o décimo-terceiro salário. Veja as postagens sobre a Concha Acústica no detalhe.
Até porque seria surpresa, um governo conservador investir em cultura e em educação… Seria um tiro no pé, porque quem tem cultura e educação, não vota nessa turma…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *