‘Proposta indecente’… Ataque a direitos dos vigilantes é o exemplo do que a Reforma Trabalhista fez com os trabalhadores

As negociações envolvendo os vigilantes de Uberaba, uma das poucas categorias na cidade que tem um sindicato atuante, é o retrato em que Michel Temer, Marcos Montes, Aelton Freitas, Caio Nárcio e Zé Silva (deputado de Uberaba que votaram a favor) transformaram os trabalhadores após a Reforma Trabalhista.
Em matéria do Sindicato divulgada ontem, a categoria denuncia que, após 14 rodada de negociações, os patrões só não querem não dar benefícios algum, como também, acreditem, querem retirar conquistas históricas dos vigilantes de acordos anteriores. Baseados na nova legislação trabalhista aprovada pela turma citada, agora os patrões podem fazer isso… Até adicional noturno dos vigilantes querem retirar.
Isso é bom para você eleitor lembrar dos nomes e dos partidos que aprovaram essa Reforma Trabalhista em Uberaba. Além dos quatro deputados já citados, o PMDB (agora dizem que é MDB, mas Ulisses Guimarães deve estar rolando debaixo do mar…), dos senhores Paulo Parado Piau e Tony Carlos, foi o responsável pelo ataque aos direitos históricos de todos os trabalhadores. De Uberaba, apenas Adelmo Leão votou contra a Reforma Trabalhista.
Isso é só o começo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *