Sob ordem do prefeito, vereadores ‘dão zero’ para servidores, e ainda ameaçam quem era contra

Mais do que a comprovação que Uberaba não tem vereadores sérios, e que a grande maioria tem o famoso “rabo preso”, mesmo depois de toda a mobilização dos servidores municipais lotando o Plenário, a Câmara Municipal de Uberaba, sob a ordem de Paulo Parado Piau, votou e aprovou o “aumento zero” para a categoria. E mais que os servidores não possuem um sindicato que os representem pra valer.
Vereadores fracos e comprometidos com o ainda prefeito e um sindicato também de rabo preso. E até alguns vereadores que agora ensaiam oposição a Piau sofrendo até ameaças de ter seus mandatos cassados. Esse é o retrato infeliz de Uberaba.
O tal projeto que foi aprovado hoje autoriza o reajuste dos servidores públicos de 8,80% de reajuste e R$ 20 no tíquete alimentação, passando para R$ 520. O reajuste é retroativo ao dia 1º de março, data-base do servidor. Mas na verdade não é aumento, já que tem três anos que Piau não dá reajuste nenhum, e essa porcentagem não representa nem o IPC do período.
A primeira tentativa de votação aconteceu no dia 16 de abril, quando o processo acabou sendo suspenso após pedido de vistas. Mas, por outro lado, a votação e aprovação foram uma lição para os servidores, já que a maioria ajudou a reeleger Piau e seu grupo, além de reeleger a atual diretoria do Sindicato.
Meu amigo na política é assim, faz a bobagem nas urnas, paga caro depois…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *