Terceirizada da Prefeitura desrespeita candidatos com ‘chá de cadeira’ e exigência de documentos inúteis

Quem pensou que o desrespeito com dinheiro do contribuinte era apenas coisa da Prefeitura de Uberaba, com a introdução do tal Estacionamento Rotativo, enganou-se… A empresa terceirizada pelo Município para o setor, já com pouco tempo, demonstra pouco importar com a cidade e com seus moradores.
A empresa Explora Participações e Sistema da Informação S/A publicou convocação para contratação de funcionários para trabalhar no estacionamento rotativo (veja a postagem). As pessoas se dirigiram até lá, e depois de mais de quatro horas de espera, receberam uma grande lista de documentos que deveria providenciar (veja também no detalhe).
Acontece que a grande maioria, e foram muitas pessoas se candidatando aos cargos, esta desempregada. E mesmo assim, os que acharam que tinha sido selecionados, já que a empresa indicava isso com a necessidade dos documentos,fizeram sacrifícios, e providenciaram tais documentos. A coisa é tão grave que a empresa não aceitava comprovante de residência que não estivesse no nome do candidato.
Nesse caso, o candidato, em indicação da própria empresa, teve que mandar um sedex, que custa R$ 15,90, para ele mesmo para comprovar a residência. Para surpresa, e ruim, no entanto, dos muitos candidatos, além de chá de cadeira de horas por duas vezes, não foram contratados.
Agora me diz, é ou não é uma falta de respeito com quem está desempregado? Tirar dinheiro de onde não tem para providenciar documentos e depois ser informado que não vai ser contratado…
Mas convenhamos, vindo de uma terceirizada pela “administração” Paulo Parado Piau, era de se esperar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *