Uberaba perde bolsa nacional para cultura, em setor de ‘negociatas’ e mudanças de objetivos

Enquanto a Fundação Cultural de Uberaba (FCU) virou apenas objeto de negociatas políticas-eleitorais, com o cargo de presidente sendo usado para acordos das eleições 2020, o município vai perdendo cada vez mais no setor. E não é só esse problema administrativo de Paulo Parado Piau que vem dando prejuízos ao setor cultural, mas também aquela pataguada realizada no final do ano, quando alguns prédios da Prefeitura de Uberaba mudaram de secretarias.
A Fundação Nacional de Artes – Funarte – acaba de divulgar os nomes dos municípios contemplados pela Bolsa Funarte de Residências . Veja no detalhe a lista dos municípios de Minas Gerais contemplados, e Uberaba, fora.
Mas não é difícil de entender o por quê da situação. Piau entregou o Céu das Artes do Residencial 2000 para a Educação, retirando todas as possibilidades de articulação cultural junto a Funarte e o MINC para o espaço… Ou seja, mudaram o objetivo para qual tinha sido criado o citado prédio.
Entendeu? E Uberaba só perde… A bolsa seria de R$ 20 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *