Vereadores gastam R$ 10 mil/mês com combustíveis – ou 50 tanques – e ‘pagam como consumidor comum’

Veja como é administrado, ou não, o dinheiro público em Uberaba… A Câmara Municipal de Uberaba, agora sob a direção de Ismar Marão, publicou ontem contrato de fornecimento de combustíveis com o Posto Boa Vista (por sinal, muito estranho, já que vão mais de 20 anos com o mesmo posto). E é ai que vem os absurdos… O valor do contrato é de R$ 120 mil por ano, ou nada menos que R$ 10 mil por mês em combustíveis.
Primeiro na quantidade de combustíveis, segundo o edital, que serão gastos pelos digníssimos vereadores. Nada menos que 30 mil litros, entre gasolina, etanol e diesel, em 12 meses. Ou seja, a CMU vai gastar, pasmem, 2,5, mil litros por mês. Para se ter uma ideia, esse montante dá nada menos que cerca de 50 tanques de veículos cheios por mês. Pode?
E pensa que acabou? Os valores do contrato… Veja no detalhe o edital, os valores que serão pagos chegam a ser maiores que o mercado oferece. E como todos sabem, em qualquer negócio do mundo, quanto mais se compra, menor é o preço que se paga, menos na Câmara de Uberaba…
Segundo a última pesquisa do Procon de Uberaba, hoje se acha gasolina até a R$ 4,54 na cidade, e média de R$ 4,74. E no tal contrato, que é grande, a CMU vai pagar exatamente a média. Ou seja, mesmo comprando muito, vai pagar o que um consumidor comum paga. Será que nenhum posto da cidade teria interesse, por exemplo, de vender a gasolina a R$ 4,60, sabendo que já teria venda garantida de 2,5 mil litros por mês?
Coisas de Uberaba…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *