Após 1,6 ano de denúncia, 60% de ex-vereadores deixam cargos na Prefeitura, mas prefeito promove ‘fantasma’

Nem tudo é tão ruim, melhorou, um pouquinho… Quem acompanha o BLOG já sabia da história, mas quem é mais novo ao seguir as publicações, não sabe… Como você vê no detalhe, em novembro de 2017, o BLOG denunciou que Paulo Parado Piau havia nomeado o sétimo ex-vereador para um cargo comissionado. Isso mesmo, sete candidatos perdedores em eleições que ganharam cargos do ainda prefeito.
E agora, passados um ano e seis meses, o BLOG foi verificar essa situação. E menos mal que 60% dos ex-vereadores deixaram os cargos na Prefeitura de Uberaba, mas… Três ainda continuam com suas boquinhas.
Saíram da Prefeitura Elmar Goulart (pediu para sair), Edmilson Doidão (havia sido preso), Turkinho e Itamar Ribeiro (demitidos). Mas nem tudo são flores, teve ex-vereador, que o BLOG denunciou que nem aparecia para trabalhar, que ganhou promoção de Piau.
Quem pensou em Marcelo Borges, o Borjão, acertou. O BLOG denunciou que o rapaz não aparecia, mesmo recendo salário de R$ 8 mil por mês, na Secretaria de Desenvolvimento Social nem para assinar ponto. Os servidores tinham que levar o livro de ponto para ele assinar. Era o famoso funcionário fantasma. E foi promovido. Agora é secretário adjunto da mesma secretaria. A explicação vem dos bastidores, e absurda, como sempre vinda da atual administração. Como foi um dos apoiadores mais radicais da campanha de Bolsonaro em Uberaba, e este ganhou a eleição, Piau quis agradá-lo.
Os outros dois que continuam com seus cargos intactos no cabide de empregos, teve apenas um que mudou de secretaria, como você vê no detalhe, são Carlos Godoy e Lourival dos Santos. O primeiro continua como secretário adjunto (sub-secretário), apenas saiu para dar lugar a Borjão no Desenvolvimento Social, e assumiu o mesmo cargo na Educação.
E a farra continua…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *