‘Candidatos’… Bolsonaro,’condenado’ pelo Exército, e Luciano Huck, sócio de ‘laranja’ de Aécio

Só para ilustrar quem são os “pré-candidatos” direitistas à Presidência da República… E sem citar ainda João “Trump” Dória… Veja o exemplo destes dois, Jair Bolsonaro e Luciano Huck. O primeiro, além de todo histórico já conhecido, inclusive com condenações judiciais, por racismo, homofobia, entre outros, em documento do Exército, de 1986, o rapaz é chamado pelo próprio Exército de terrorista.
O cidadão foi julgado em 1988 pelo Superior Tribunal Militar (STM) por isso, e por não seguir as normas do Exército… Imagina… É o mesmo que agora se intitula candidato dos militares… Pode? Sem falar no despreparo para administrar alguma coisa, ou para lidar com as pessoas.
Já Luciano Huck, que mais parece uma “pegadinha” de TV a sua suposta candidatura, tem no histórico, além de apoios explícitos a Aécio Neves, em o agravante de ser sócio justamente daquele que é apontado em investigações do Ministério Público Federal como “laranja” das operações de Aécio Neves, Alexandre Accioly. E imagina ainda nem assumiu um cargo público, imagina se assumir então…
O que as pessoas não podem é ficar cegas achando que todos os políticos são iguais “porque viu na Rede Globo, Veja ou ouviu na Rádio Jovem Pan”… A grande mídia também não serve de parâmetro…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *