‘Cantarolando pelos cantos’… Conservatório é bem estruturado, mas está longe de ser comunitário

Quando tem que criticar sabe que não fujo da raia, mas quando é para elogiar também… Visitei hoje, por motivos pessoais, o Conservatório Estadual de Música “Renato Frateschi” e gostei do que vi…
Muitas crianças, adolescentes e até idosos como alunos da escola de múdica gratuita; Bem estruturado e com cerca de 3,2 mil alunos, a escola oferece um grande leque de opções… Gostei…
A única coisa que não gostei foi que professores de música da escola têm um certo preconceito com os músicos práticos… Aqueles que atuam mesmo como músicos, sem aulas teóricas.
Deu para notar ao conversar com uma dirigente da escola… E por sinal, esse é um grave defeito do Conservatório: fica muito longe da realidade da comunidade. Precisa se integrar mais, fazer eventos para a comunidade…
Ninguém é melhor que ninguém, e músico não é melhor que ninguém, apenas tem um talento específico… Se integrasse, ajudaria em uma sociedade melhor, mais culta e mais musical…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *