‘Casa por voto’… Uso eleitoral da Cohagra vai virar denúncia do Ministério Público

Desde 2008 a Cohraga vem sendo usada eleitoralmente, e em 2016, não foi diferente… Ao invés do então presidente, ainda ´, Marcos Jammal, sair candidato a vereador, foi o diretor habitacional. Rúberio Santos, e acabou eleito. E o uso eleitoral de casas, que é um direito da população e não privilégio como tentam passar, é um dos maiores absurdos da política.
Pré-candidato a deputado estadual apoiando por Paulo Parado Piau, Jammal anuncia mais uma “entrega” de casas como se fosse um feito seu, ou mesmo da atual administração. E não é… O dinheiro é federal, da Caixa Econômica Federal, e a Prefeitura nada faz a não ser usar eleitoralmente.
Por isso, que passou da hora do Ministério Público intervir nisso. E pelo jeito, vai… Fonte me garante que vai apresentar denúncia ao MP a respeito, e se não tiver ações contundentes, pretende até ação popular contra o senhor Jammal e Piau (mais uma…). Até porque o sorteio de casas na Cohagra é para “inglês ver”…
Passou da hora…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *