‘Chefe-fantasma’, com apadrinhamento e esposa como assessora, provoca revolta no Hemocentro

Um caso que vem acontecendo no Hemocentro de Uberaba (do Governo do Estado) vem incomodando, e muito, os servidores estaduais que trabalham naquele local. Acontece que um chefe de seção, de nome Mário Laterza, em cargo comissionado, ou seja, de indicação política, vem fazendo do cargo um “bico”, e o que deveria ser um escritório do Hemocentro virou uma extensão do escritório de engenharia do mesmo.
A situação é mais grave porque a esposa do citado também trabalha no Hemocentro, e quem seria a “responsável” por “bater ponto” para rapaz, que chega às 10h no serviço e sai 12h30.
A revolta entre os demais servidores é grande, já que o cargo do rapaz é de indicação política dentro do Governo Romeu Zema (NOVO). Mas o citado chefe já estava no setor mesmo antes do atual governo, por “indicações internas”.
Parece que o Governo Zema é mesmo uma repetição de outros governos..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *