‘Coletânea’ de postagens comprova jogo de cartas marcadas na CODAU, e desproteção da comunidade

Tenho visto alguns vereadores, claro, de olho nas eleições do ano que vem, se transformando em oposição a Paulo Parado Piau, a quem até muito pouco tempo tomavam benção, casos de Tiago Mariscal, Kaká Se Liga, entre outros… Mas ao ver a publicação de um novo contrato de uma empreiteira com a CODAU, na sexta-feira, fiquei pensando como Uberaba é desprotegida de vereadores e Ministério Público.
No detalhe, você vê o citado edital e uma pequena, isso mesmo, pequena, porque tem muito mais no BLOG, é porque não caberiam todas as postagens, sobre as duas empresas de Amauri Andrade, conhecido dentro da CODAU como “Amigão”, pela proximidade que tem com Luiz Neto e demais diretores da autarquia de Piau. As empresa Esteira Locadora e Equipamento Locações pertencem ao citado empresário. E como você vê no detalhe, o empresário tem contratos de A a Z dentro da autarquia.
E veja quando foi a primeira postagem a respeito da influência do empresário dentro da CODAU: julho de 2017, isso mesmo, há quase dois anos. E nenhum vereador se manifestou, nem o MP, que, no mínimo, teriam que investigar, E veja, todas as publicações com provas. Mas não existia o interesse. Agora querem virar oposição por causa dos votos…
Veja o detalhe da primeira postagem sobre Andrade: bancou até a festa de final de ano da CODAU. O empresário tem contratos que vão desde obras até locações de veículos. E veja o último contrato: de construção de uma travessia.
Preciso falar mais alguma coisa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *