Com atendimentos reduzidos, e insuficientes, Funepu ganha ‘bônus’ da Prefeitura por UPAs

Você tem noção o que custa aos cofres municipais a terceirização das UPAs de Uberaba? As duas UPAs existentes, do Mirante e do São Benedito, pasmem, custam aos cofres públicos nada menos que cerca de R$ 2,8 milhões. Isso, quase R$ 300 mil diários.
O alto valor não justificado pelo atendimento ineficiente da terceirizada Funepu. A terceirização da Saúde por si só já é absurda, já que o setor é e deveria ser de exclusividade, como determina a Constituição Federal, do poder público, e não de empresa terceirizada.
Desde que Paulo Parado Piau terceirizou o atendimento de emergência em Uberaba, o serviço piorou, e muito. E claro, empresa terceirizada não é sem fins lucrativos, portanto se fosse feito diretamente pelo Município, o valor gasto seria bem menor.
E o que se vê em Uberaba? Mal atendimento. E com um agravante nesse caso, com a publicação ontem de edital dando aumento a Funepu: o contrato inicial entre Prefeitura e a empresa previa o atendimento, com ala separada, de pronto socorro infantil. E o que aconteceu? Este ano, Piau e companhia passaram esse atendimento, e sobrecarregando ainda mais, para o Hospital das Crianças. O certo, então, ao invés de dar aumento, seria diminuir o valor que a Funpeu recebe, já que diminuíram também os atendimentos.
Entendeu a jogada de Prefeitura e Funepu? Diminui atendimento e aumentam os valores…
Pobre Uberaba…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *