Denúncia confirmada! Esposa do presidente do Sindicato dos Servidores tem cargo comissionado e ganha R$ 4,2 mil

A bronca dos servidores municipais com o Sindicato da categoria em Uberaba realmente não é a toa, como revelou o BLOG ontem. Os servidores acusam o Sindicato dos Servidores Municipais de Uberaba de não defender seus interesses e de estar “atrelado” a Paulo Parado Piau e companhia.
E ontem, como o BLOG publicou, os agentes de Endemias e Saúde estão na bronca com o presidente do citado sindicato, Luiz Carlos dos Santos. E em um desabafo, um deles reclamou da esposa do dirigente ter “cargo comissionado com Piau e ganhar R$ 6 mil por mês”…
E o servidor acertou em parte, e errou por muito pouco… A esposa do presidente do Sindicato, de nome Mônica Pacheco, tem mesmo cargo comissionado com Piau, na Secretaria de Educação, sob o comando de Silvana Elias.
A moça ocupa o cargo de coordenadora da Casa do Educador. Apenas uma coisa o servidor errou, mas por pouco. A esposa do presidente ganha, como você vê no holerite no detalhe, cerca de R$ 4,2 mil por mês e não R$ 6 mil. É muito também, já que é quatro vezes o que ganha um agente de Saúde, que recebe R$ 1.041,00 por mês…
“Beraba”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *