Edital derruba tese de economia na Câmara de Vereadores, e reativa gastos banidos há 15 anos

Em Uberaba não precisa ir muito longe para comprovar as inverdades dos políticos… Lembram-se que há duas semanas contestei a balela do presidente da Câmara Municipal de Uberaba, Ismar Marão (do PSD de Marcos Montes), de que “comemorou” o fato de “economizar dinheiro público ao diminuir o número de homenagens na CMU”?
Na oportunidade, argumentei que era demagogia, já que essa mesma Câmara Municipal gasta, por mês, somente com os salários dos assessores dos vereadores, R$ 500 mil. Mas para comprovar ainda mais a demagogia do atual presidente da CMU, um novo edital, mais uma vez, joga por terra a famigerada comemoração…
Se diz que vai economizar com medalhas e certificados, com a redução de homenagens, o vereador criou uma nova despesa para a Câmara Municipal, reativando gastos que não aconteciam há 15 anos.
O que você vê no detalhe o edital da CMU para contratação de empresa, por um ano, para fornecimento de uniformes aos servidores do poder legislativo. Tal fato estava banido das despesas da CMU há 15 anos, e agora volta…
Será que é famoso tira e põe? Porque o que dizia que iria economizar com medalhas e certificadores vai gastara com uniformes…
Coisas de Uberaba…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *