Empresas questionam transparência de licitação da CODAU, que estaria direcionada a ‘Família Trator’

Veja como funciona, ou não, as coisas atualmente no poder público em Uberaba. Os absurdos envolvendo a CODAU assustam, se não existe uma ação sequer de vereador, claro, por questões evidentes, e nem pelo lado do Ministério Público. Dessa vez envolve possível direcionamento de licitação, que, para funcionários da autarquia estaria claro.
Mo dia 27 de maio de 2019 iria ocorrer uma licitação da CODAU para contratar 6 (seis) mini retroescavadeiras, 01 (uma) mini escavadeira e um caminhão pipa.
Acontece que em 2014 foi feita uma licitação para contratação dos mesmos equipamentos, só que naquela oportunidade, a exigência foi de que os mesmos teriam que ser 0 (zero) Km.
Desde 2014, após a contratação, foram feitos vários aditivos de reajuste e prorrogações de prazo, até chegar no ano de 2019, ou seja, 05 (cinco) anos, como previsto em lei, a exigência de que uma nova licitação deveria ocorrer. Justamente a que estava marcada para o dia 27, mas com uma diferença: os equipamentos tinham que ser do ano a partir de 2014… Ou seja, fica claro o direcionamento da licitação para as mesmas empresas que vencerem em 2014.
O interessante são alguns dos vencedores daquela licitação, : IDEAL TRACTOR – do ex-vereador Ademir Vicente Silveira (conhecido pelo apelido de Trator) – 01(uma) Mini Retro e 01 (uma) Mini Escavadeira M & E – sobrinho do Ademir Vicente Silveira – Wesley Silveira – 02 (duas) Mini Retro Lok & Lok – Filho do Ademir Vicente – William Silveira ou William Tratorzinho como está no facebook – 01 (uma) Mini Retro. As empresas IDEAL TRACTOR do pai, e LOK & LOK do filho tem como endereços a cidade de Delta.
Lembra que falei, que a licitação iria acontecer segunda-feira dia 27/05/2019?? Então… Empresas que não são da turma, entraram com questionamentos em certos itens do edital e o pregoeiro acabou suspendendo o certame licitatório que foi publicado agora á noite no Portal da Transparência. Veja no detalhe todos os documentos.
Precisar falar mais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *