‘Insegurança pública’… Bandidos ‘assaltam duas vezes’ a mesma família e sistema da polícia não funciona

Família uberabense, assaltada na última sexta-feira, descobriu que Uberaba tem problemas muito maiores que somente a falta de segurança… A família teve a casa invadida por quatro bandidos, e teve uma caminhonete e bens móveis roubados. O caso envolve distorção, desorganização da Polícia Militar, falta de ação da Polícia Civil e que os bandidos simplesmente roubam e distorcem na mesma ação. Pode?
Depois de ter a caminhonete roubada, a familia recebeu contato dos ladrões, por meio da agenda do celular que também foi levado. Os bandidos pediram R$ 4 mil para devolver o veículo, e que se passasse para a polícia, alguém da família morreria. A família, desesperada, já que a caminhonete é usada para trabalho, assim o fez. Pagou tal “resgate” ontem, mas a caminhonete até agora não foi devolvida.
Entre os motivos que levaram a família a pagar tal resgate, foi que percebeu a falta de organização da polícia e que não iria conseguir recuperar o veículo. A família, que havia registrado o Boletim de Ocorrência na AISP da Guilherme Ferreira, dois dias depois, foi consultar a AISP da Abadia como estava o andamento das investigações… Simplesmente ainda não tinha nenhum registro do roubo em tal AISP, nem o BO estava no sistema. Pode?
Aliás, se fosse para cobrar impostos para o governo, ou prender veículo em blitz ilegalmente (é inconstitucional a apreensão de veículos por impostos atrasado), o tal sistema informatizado das polícias Militar e Civil funcionaria, pode ter certeza.
Absurdo em todos os sentidos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *