‘Piau da sorte’… Por muito menos, MP aciona prefeito de Uberlândia na Justiça por improbidade administrativa

Não quero dizer com isso que o Ministério Público de Uberaba seja pior do que o de Uberlândia, mas por aqui anda faltando ações mais contundentes… Por muito menos que já se denunciou contra Paulo Parado Piau, o MP de Uberlândia acaba de mover ação cível contra o prefeito daquela cidade, Odelmo Leão, por improbidade administrativa.
E não só ele, o secretário municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha Filho, também. Sabe por que? Por contratações irregulares na área da saúde. O Município e a Fundação Saúde do Município de Uberlândia (Fundasus) também são citados na ação.
Entre as condutas apontadas na ação estão a contratação de funcionários pela extinta Fundasus, ausência de processo seletivo para efetuar as contratações para as unidades de saúde, bem como a falta de transparência e de publicidade dos atos oficiais, pagamentos de salários acima do teto a profissionais médicos e não observância do princípio da impessoalidade.
Em Uberaba, a coisa é muito pior que isso, e o MP ainda não move ação parecida. Veja o caso da Pró-Saúde, depois a transferência absurda das UPAs para Funpeu, sem licitação, e com contrações com processos seletivos fajutos, super salários na Prefeitura, e a mesma coisa no Hospital Regional…
Vem cá, o Ministério Público não tem o mesmo critério em toda Minas Gerais? Também concordo com uma coisa, sabedor da competência do promotor João Davina, ele anda também meio sobrecarregado tamanho o número de irregularidades da Prefeitura de Uberaba…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *