Piau imita Bolsonaro, corta verba da Educação, e ‘confisca’ cargas e salários de professores

Comprovando mais uma vez o que o BLOG defende há pelo menos três anos, que, para todo político conservador, Educação e Cultura são sempre dispensáveis, e quanto menos a população tiver de acesso a estas obrigações constitucionais, melhor, para que eles permaneçamo no poder. E Paulo Parado Piau comprova, mais uma vez, que segue “linha Jair Bolsonaro”…
Veja no detalhe o memorando enviado pela secretário de Educação de Piau, Silvana Elias, para os professores da rede municipal de ensino. Sabe o que é? Simplesmente o corte na carga horária, e consequentemente nos salários dos professores.
E advinha a balela, de novo? Além de citar leis federais, que nada justificam os cortes, cita o tal Decreto de Emergência Financeira da Prefeitura de Uberaba. Aquele mesmo que não passa de balela, já que depois disso, o Município não parou de aumentar o cabide de empregos e com gastos absurdos.
É igual ou não, Piau e Bolsonaro, que também anunciou cortes na Educação? E, a exemplo do país, o município caminha para o buraco…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *