Reforma ‘faz estragos’ em Uberaba, com empresas pagando 1/3 dos salários, e apontando futuro sombrio

A Reforma Trabalhista, feita por Michel Temer, com apoio e voto, quando deputado, favorável do atual presidente Jair Bolsonaro, vem causando estragos desde novembro de 2017, quando foi oficializada. Em Uberaba, a situação chega a ser calamitosa.
O maior exemplo do que a Reforma, junto com a legalização da terceirização da mão de obra em qualquer setor, vem fazendo está na Mosaic, antiga Vale Fertilizantes. Desde a Reforma, a empresa já demitiu cerca de 500 funcionários, Alguns deles recontratados, mas com um detalhe terrível, e aburdo, mas legalizado pela Reforma: pagando 30% do valor do que o trabalhador recebia antes.
E não só nessa empresa, em outras várias têm acontecido o mesmo, com horas intermitentes (trabalho por hora, sem garantia alguma de salário fixo), Até em empresas públicas, como na UFTM, onde parte do Hospital das Clínicas foi terceirizada desta forma.
E não se assuste se Bolsonarto radicalizar ainda mais a Reforma Trabalhista. Após conseguir, se conseguir, aprovar a famigerada Reforma da Previdência, o atual presidente já avisou que pretende piorar ainda mais para trabalhador e beneficiar os grandes empresários.
Pobre país…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *